Álvares Machado, SP -

Apresentação da lição em power point

Mais apresentações em:http://www.slideshare.net/ailtonsilva2000/presentations

sexta-feira, 27 de março de 2015

Dois povos na terra, a marca da besta (marca de ferro), tipos da igreja arrebatada, Evangelho do Reino, casamento judeu, abrir e fechar de olhos, adoração ao filho através da mãe (origem).


Após o arrebatamento da igreja restará somente dois tipos de povos na terra: JUDEUS E GENTIOS

Há anos atrás a marca da besta teria que ser feita em ferro quente, tal como acontece com os animais.

  • Enoque, bisavô de Noé, é o primeiro suposto tipo da igreja arrebatada;
  • Noé, bisneto de Enoque, foi salvo na arca do terrível dilúvio. Tal como ele a igreja será tirada do mundo para não passar pela grande tribulação para depois retornar novamente a terra.
  • Ló, sobrinho de Abraão, foi tirado de Sodoma e Gomorra antes da destruição, tal como a igreja será tirada do mundo antes da Grande Tribulação.

Evangelho do reino (Mt 24.14): não é este anunciado pela Igreja (Evangelho da Graça/de Deus/de Cristo). Este Evangelho será pregado durante a grande tribulação, antecipando a vinda do Messias como Rei, tal como esperado pelos judeus, uma vez que Mateus escreveu a versão do Evangelho destinado a este povo.

Casamento judeu: os pais do noivo pagavam o dote pela noiva e então o dia do casamento era marcado (Gn 24.53). A noiva não tinha conhecimento da data, que se tornava conhecida por ela, somente com CHEGADA DO NOIVO, que era anunciado por um grito. Depois era servido o banquete, que deveria ser na casa do noivo.
Detalhes importantíssimos:
  • O dote já foi PAGO na cruz;
  • O casamento já está marcado, mas a NOIVA não sabe o dia;
  • O Noivo virá, o GRITO logo será ouvido (trombeta);
  • O banquete está preparado e será na CASA do noivo (na casa de meu Pai há muitas moradas).

será num momento, num abrir e fechar de olhos” no original grego está assim escrito: én atomo én ripe oftalmou.
  • Atomo: algo que não pode ser dividido (um momento);
  • Ripe: pulsação, batida de olho ou piscar de olho.

As duas testemunhas do Apocalipse;
Seria Elias e Enoque, talvez por terem sido arrebatados e pela necessidade de conhecerem a morte como está ordenado a todos (Hb 9.27)? Quem disse que todos devem morrer? Para entrar no céu há necessidade de sermos transformados ou ressuscitados. Os que forem transformados, por ocasião do arrebatamento, não conhecerão o dano da morte.

Uma história conhecida: Semíramis conhecia a promessa de um descendente da mulher para pisar a serpente feita a Adão e Eva (Gn 3.15) e assim teve um filho supostamente de maneira milagrosa e lhe deu o nome Tamuz, que foi apresentado como o “libertador prometido”. Este foi o inicio do processo conhecido como a adoração do filho salvador através da mãe escolhida para concebê-lo, a suposta rainha do céu. Esta pratica foi condenada pelo profeta Jeremias (Jr 7.18; 44.17,19,25).

Biblia ajudando a ciência - Jó 8.11:
  • "´porventura, sobe o junco sem lodo" - Almeida Revista e Corrigida
  • "pode o papiro crescer senão no pantano?" - nova versão internacional
  • "porventura cresce o junco sem lodo?" - Almeida Corrigida e Revisada
  • "Será que a taboa pode crescer fora do brejo?" - nova Trad. Linguagem de hoje
  • "pode o papiro crescer fora do brejo?" - versão católica
  • "pode o papiro desenvolver-se sem lodo?" - versão britânica

Por: Ailton da Silva - 5 anos (Ide por todo mundo)

quinta-feira, 26 de março de 2015

quarta-feira, 25 de março de 2015

34) Naum (consolo)


Para quem foi escrito este livro?     
Para os judeus do reino do Sul - Judá (com uma sentença contra Nínive).

Por quem foi escrito (autor)?  
Naum.

Em qual momento histórico?   
Quando Nínive, a última capital assíria, se tornara uma metrópole cruel, imperialista e desonesta, com um desejo arrogante e inescrupuloso pelo poder e pela dominação, que se manifestava num impiedoso desejo por guerras, com práticas comerciais reprováveis e materialismo insaciável.

Por que este livro foi escrito? 
Porque o povo da aliança não entendia por que Deus ainda não tinha castigado os assírios.

Para quê este livro foi escrito?        
Para ensinar que a paciência de Deus nunca deve ser erroneamente interpretada como fraqueza (o pecado coletivo ou individual não ficará impune); e, para ensinar que o julgamento de Deus é também redentivo, pois, ao destruir as forças do mal, Ele cria as condições para o surgimento de uma nova sociedade, mais justa que a anterior.


Obs: Material extraído do DVD "Mega Coletânea Bíblica - 10.000 artigos". Não tem citação da fonte, mas se alguém conhecer, ficarei grato e mencionarei.

Por: Ailton da Silva - 5 anos (Ide por todo mundo)

segunda-feira, 23 de março de 2015

sábado, 21 de março de 2015

Mensagem 24 - Restauração


1 – FAMÍLIA
  • Gn 7.1-7 – Família de Noé (canal de benção: Noé);
  • Gn 45.7 – Família de Jacó (canal de benção: José);
  • Ex 12.23 – Família Israelita (canal de benção: Moisés);
  • Js 6.25 – Família de Raabe (canal de benção: Raabe);
  • Lc 19.10 – Família de Zaqueu (canal de benção: Zaqueu);
  • At 16.31 – Família do carcereiro (canal de benção: o carcereiro);
  • At 27.31 – todos os prisioneiros e soldados do navio em que Paulo estava sendo conduzido a Roma (canal de benção: Paulo);
  • Nossa família – cada um é um canal de benção para salvação da família, basta pregar e os sinais seguirão.

2 – CARÁTER DE CRISTO EM NOSSAS VIDAS
  • MT 5.3-12 – enxergamos o caminho para a felicidade;
  • Mt 5.17-20 – praticamos a justiça;
  • Mt 5.38-48 – sabemos tratar os nossos inimigos;
  • Mt 6.1-8 – levamos uma vida de oração;
  • Mt 6.19-34 – sabemos o que buscar de Deus;
  • Mt 7.7-12 – sabemos como pedir a Deus;
  • Mt 7.15-23 – não nos deixamos enganar pelas aparências.

3 – VIDA MATERIAL
  • Jó 42.11-12 – recebeu doações em dinheiro e ouro de seus amigos, familiares da mesma forma como os filhos de Israel (Ex 12.36) receberam dos egípcios, que de bom grado deram peças de pratas e ouro a eles, quando saíram do Egito. Tudo o que Jó havia perdido recebeu em dobo. Jamais Deus nos deixa de mãos vazias quando somos aprovados em uma prova ou quando saímos de uma luta.

4 – VIDA ESPIRITUAL
  • At 1.13 – os discípulos estavam em oração aguardando a promessa (At 1.8) e Pedro seria o primeiro da lista;
  • At 1.15-16 – nascia um líder, levantando e reconhecido pelos outros;
  • At 2.4 – todos foram cheios do Espírito Santo, inclusive Pedro;
  • At 2.14 – as suas pregações foram ousadas e objetivas (At 3.11-26; 10.34-46);
  • At 2.37 – primeiras almas;
  • At 4.7-13 – agora era ousado e não temia mais;
  • At 5.3 – Deus revelava a ele o que acontecia na igreja;
  • At 5.29 – o importante era obedecer a Deus e não aos homens;
  • At 10.34 – era visionário, enxergou a salvação aos gentios

5) FÉ EM DEUS
  • Mediante a nossa fé alcançamos a salvação:
  • Mt 8.13 – para o centurião de Carfanaum (um gentio);
  • Mt 9.22 – para a mulher do fluxo de sangue;
  • Lc 17.9 – para o único leproso que voltou para agradecer pela cura;
  • Lc 18.35 – para o cego de Jericó.

6) O AMOR DE Deus EM NOSSAS VIDAS
  • O amor de Deus em nossos corações desperta o amor pelas almas (At 2);
  • O amor de Deus em nossos corações nos une de forma a ajudarmos uns aos outros para que todos cresçam na obra;
  • O amor de Deus em nossos corações restaura o nosso animo para a obra;
  • O amor de Deus em nossos corações nos fortalece e nos dá entendimento em algumas situações.
Por: Ailton da Silva - 5 anos (Ide por todo mundo)

sexta-feira, 20 de março de 2015